14 de novembro de 2013

A Ulmeiro, também conhecida como livraria do gato à porta

Um extraordinário espaço, com um acervo de milhares e milhares de livros, onde somos acolhidos como em casa fosse, pela Lúcia e pelo Zé. Num período complicado como este, cabe-nos ajudar a divulgar esta caverna de ali babá, criada em 1969 e que de nós depende para continuar aberta. Se a Ulmeiro é a livraria carismática de Benfica, que formou já gerações de pessoas que amam os livros e a leitura é um espaço de referência lisboeta que urge preservar. Assim como está, numa deliciosa desordem, envolvida pelo imenso calor humano e felino. Assim mesmo.









4 comentários:

Teresa disse...

Olha o meu amigo Salvador! :)

Ulmeiro? Mas não é a Livrarte?

T disse...

Espaço Ulmeiro foi o primeiro nome, depois Livrarte. Mas penso que é ainda mais conhecida como Ulmeiro.

Gabriela Costa disse...

Que maravilha! Os alunos das escolas de Benfica certamente devem muito a esta livraria. Recomendo-a desde que a descobri, há apenas cinco anos. Feliz quarta-feira!

angelo bento de melo disse...

Eu que conheço através da internet, muitos lugares aonde se vendem livros, este era-me totalmente desconhecido, porque também sou um amante dos livros, vejo neles uma boa parte do ar que respiro, para mim é mais uma riqueza que encontrei no meu País, tenho feito várias pesquisas sobre escritores que gostava de ter deles em principio um exemplar e tradução deles na nossa língua não tenho encontrado, como domínio apenas a nossa língua, continuo com este espaço vazio dentro de mim, talvez aqui possa encontrar o que há tanto tempo procuro, passo a citar os nomes; Derek Walcott, de Santa Lúcia, Seamus Heaney, da Irlanda, Harry Martinson e Eyvind Johnson ambos da Suécia, agradecia informação da vossa parte sobre estes nomes, meu email, angelomelo@iol.pt, Obrigado.