11 de setembro de 2013

Que viva Allende

Não sabia que tinha sido precisamente hoje. Era uma catraia, estava em Paris com os meus pais, e ouvi a notícia duma forma que não era possível ouvir em Portugal. Lembro-me de que chorei a morte de Allende. Isto pela estranha capacidade que os adolescentes possuem de sentirem tudo em primeira mão e de forma intensa. Muitas vezes acontece, com os anos a correrem de forma vertiginosa, tornarmo-nos de pedra.
Infelizmente. Que viva Allende.


 Fotografia:Thomas Hoepker | CHILE. 1973 !Salvador Allende election propaganda on a rock in the Andes near Santiago, Magnum