23 de fevereiro de 2012

a minha primeira vez... a cozer lampreia
























ontem, por artes mágicas (ou por desistência do seu legítimo destinatário), apareceu em minha casa uma lampreia.. amanhada.
a perspectiva de ter uma lampreia só para mim foi desde logo uma antecipação do prazer garantido.
a lampreia tem uma primeira parte que requer muitos cuidados e experiência: a sua preparação (amanhar e temperar).
mas essa parte já vinha realizada do minho.
a minha calhava-me apenas as partes mais fáceis e saborosas: cozer e comer.
feito o estrugido com cebola e azeite, adicionadas rodelas de chouriço de carne e o ciclóstomo devidamente amanhado, cortado e com um dia bem medido envinhado.
estufada 20 minutos e estava pronta para se fazer o arroz.
quando alguém nos faz o favor de arranjar uma lampreia já preparada, é o melhor e o mais fácil dos manjares...
só falta o sporting ganhar logo à noite...

9 comentários:

pinguim disse...

Isto faz-me crescer água na boca.
Há anos que não como lampreia e adoro...

carlos disse...

e estava deliciosamente boa..
não por minha causa, por graças a quem a temperou...

teresa disse...

O meu avô bem dizia que era o melhor manjar à face da Terra... um post a 3D (imagem, olfato e paladar):)

Carlos Caria disse...

Carlos, podias ter colocado no post o cheirito do bichito,depois de cozinhado, sempre alegrava mais o post.
Cada vez que como lampreia,fico mais ciente que existem coisas na terra, que estão predestinadasaos deuses que as aprecia.
Abraço

ABS disse...

Hum. Vai uma lampreia no Nortenho, em Sete Rios? Está quase, quase na altura.

T disse...

Por mim vai:)

carlos disse...

é só marcares a hora e o dia :))))

Carlos Caria disse...

Se o bicho for de tamanho razoavel também gostava.
Abraço

carlos disse...

ora bem :)