9 de maio de 2011

Für Elise ou o chalet da Condessa de Edla



Elise Hensler, cantora de ópera, desposou D. Fernando II tornando-se condessa de Edla. O rei conheceu-a aquando de uma actuação em Lisboa no teatro de S. Carlos, cerca de nove anos antes de terem contraído matrimónio. Além de cantora lírica a condessa foi escultora, ceramista, pintora e grande apaixonada pelo cultivo de flores.
O casamento nunca obteve aprovação unânime por parte da imprensa ou da nobreza nacionais, situação que parece explicar a quase ausência de referências a esta mulher na História de Portugal.



(imagem: Chalé da condessa de Edla em Um passeio de Cintra até ao mar)

Há doze anos, o chalé da condessa de Edla - título que lhe foi concedido pouco antes casamento – foi destruído por um incêndio, encontrando-se abandonado até aos nossos dias.
Localiza-se o edifício no parque da Pena, tendo sido  projectado pela proprietária de acordo com o modelo de algumas casas rurais norte-americanas. Apesar da  ascendência suíça Elise foi criada em Boston, tendo concluído estudos em Paris. Falava fluentemente sete idiomas.

Felizmente, acabo de saber em caixa de comentário que terminaram hoje no chalé da condessa Edla as obras de recuperação como pode ser confirmado aqui .

4 comentários:

Carlos Caria disse...

Se3gundo notícias parece que está em vias de ser recuperado. Pelo menos algo se salva nesta país de tristezas.

teresa disse...

Esperemos que sim, Carlos Caria. É que nestes tempos que correm, receio que o descalabro se torne mais gritante.

Cumprimentos.

Gonçalo disse...

O chalé foi nos últimos tempos alvo de importantes intervenções de recuperação e restauro. A cerimónia oficial de inauguração decorreu hoje de manhã, sendo que a partir de amanhã, 11 de Maio, poderá ser visitado pelo público em geral.

teresa disse...

Boas notícias, obrigada. Coincidência a de ter ontem deixado por aqui o post.