21 de junho de 2011

Dez, onze, doze ou treze



Ainda bem que há a operação ‘média aritmética’! A operação que nos permite calcular o valor mediano entre diversos números. Somam-se os números e divide-se o resultado obtido pela quantidade de números somados. Assim se formou o governo de onze ministros.
Lembrei-me que na ‘Última Ceia’ Leonardo da Vinci retrata treze pessoas.
Mas que feliz coincidência para Portugal! Onze ministros, um primeiro-ministro e, parafraseando o Carlos, o ocupante do Centro de Dia de Belém perfazem os trezes do retrato. Desejo-lhes bom repasto.

1 comentário:

André Benjamim disse...

Pois... É que correm (corremos) o risco que seja mesmo a última ceia...