16 de outubro de 2009

Diana de Liz

Image and video hosting by TinyPic

A folhear o Magazine Civilização de Junho de 1930, encontro por acaso esta fotografia de Diana de Liz em Sintra, da autoria de Ferreira de Castro, seu companheiro. Assinalam que morreu há pouco e era colaboradora deste magazine.
Diana de Liz, aliás Maria Eugénia Haas Costa Ramos, foi publicada póstumamente pelo próprio FC, «Pedras Falsas» (1931) e «Memórias duma Mulher da Época» (1932).
Porque acredito que as coincidências não são inocentes vou procurar o seu rasto e tentar lê-la.

2 comentários:

RAA disse...

Foi um desgosto que o acompanhou sempre. A Diana de Liz, eborense, está, aliás, enterrada na terra dele, em Ossela.
Era uma mulher emancipada, sete anos mais velha que o Castro.

T disse...

Sim, muito mais despachada que ele. Estive a ler já um conto dela.