15 de junho de 2011

Telegrama

Neste tempo, anos 40 do século passado, não existiam sms, nem mms,nem internet e nem se usava muito o telefone. Receoso que a carta não chegasse a tempo, o meu pai enviava um telegrama à minha mãe. Recebeu-o a Alice,operadora dos CTT, neste encontro entre Palmela e Esposende. Os meus pais estavam noivos e a muitos quilómetros de distância. Foi um amor que durou toda a vida,entre o João e a  Zé.

7 comentários:

Luísa disse...

Primeiro, se eu recebesse um telegrama ficava muito feliz.
Segundo, se eu recebesse um telegrama assim bonitão ficava mesmo muito feliz.
Terceiro, se eu recebesse um telegrama com uma mensagem simples, mas reveladora de tanto cuidado... eu ficava radiante!!
É muto bom ver coisas bonitas, é ainda melhor saber que há/houve histórias bonitas!!! ;)

Branca disse...

Pois è, Luisa, eu também adorava receber um telegrama. Aliás, ja ficava feliz com uma cartinha, ja ninguém as manda hoje em dia...e postalinhos de férias, não seria uma alegria? Ainda há poucos anos um amigo tinha o hábito de os mandar pelo Natal, mas também esses já acabaram...quem diria ainda não há muitos anos, que iríamos ter saudades de uma coisa tão vulgar?...

Mas é verdade: se revelassem o cuidado em passar a mensagem que este telegrama revela, o seu valor subia muito...

Luísa disse...

Eu vou-lhe contar um segredo, Branca, eu ainda escrevo cartas e envio postais de férias e Natal e, Às vezes, quando vejo um que realmente me faz lembrar alguém, mando-o só por que sim... :D
Já receber... coisa rara, muuuuuuuito rara! :(

Branca disse...

Adorei saber, Luisa, achei mesmo bonito!:))

Maricuca disse...

Tão lindo :)

Carlos Caria disse...

Estes peças comunicativas antigas são verdadeiras obras de arte não só pela sua beleza estética, como pelas mensagens simples e envolventes que nos transmitem, tudo em tão poucas palavras ( e eu que já me estendi na escrita ).
Abraço de amizade
Carlos Caria

PunktK disse...

reblogged!

http://kash-k.blogspot.com/2011/06/fundburo-telegrama.html

I enjoy your blog very much. Thank you