23 de setembro de 2011

Teodoro, não vás ao sonoro...

O sonoro tinha sido apresentado em Portugal, pela primeira vez, no ano anterior.
Daí que a publicidade dos Cinemas desse especial relevo ao facto.


(Almanaque "O Século", 1932).



Por José Quintela Soares

2 comentários:

Paula disse...

E em portugues, frances, espanhol e ingles!
Estou sem acentos :(

Bom fim-de-semana!

José Quintela Soares disse...

Bom fim-de-semana, Paula.